A estrela do Natal também é azul e branca

‘Histórias na Cidade’, ‘Rota do Dragão’ e Dealema a brilhar na estrela do Natal. Dezembro convida a descobrir a Invicta no Museu FC Porto, onde mora um Bicampeão do Mundo de futebol. Até os mestres do hip-hop nacional saem do estúdio para contar e… cantar novidades no ‘Dar Letra à Música’. Afinal o Natal também se pode pintar de azul e branco.

O Natal está a chegar e o Museu FC Porto preparou esta época mágica da melhor maneira, a pensar nas famílias e em eventos para todas as idades. A programação de dezembro relaciona história, cultura e diversão dentro do Coração do Porto, aproximando ainda mais o público das memórias e da identidade que o clube partilha com a cidade Invicta há 125 anos, desde os tempos românticos da fundação do FC Porto até à realidade vencedora do presente.

Esse longo percurso azul e branco também se descobre em ‘Histórias na Cidade’, uma exposição temporária que o Museu apresenta na Sala Multiusos a partir do dia 1 de dezembro, depois de ter estado em exibição ao longo dos meses de setembro e outubro em mais de 20 pontos de referência do mapa urbano e histórico portuense. Agora, espaços e edifícios emblemáticos do Porto reúnem-se num percurso dentro de portas e obrigatório para compreender ainda mais a relação do FC Porto com a cidade que dá o nome ao clube. Entre a Baixa e a zona da Boavista, histórias, figuras e muitas curiosidades do passado estão ao alcance de todos nesta mostra de entrada livre, perfeita para complementar a experiência do Tour FC Porto (Museu + Estádio).

Porto, Clube e Cidade também é o princípio da ‘Rota do Dragão’, orientada por quem sabe muito sobre as memórias do FC Porto e da Invicta. O historiador Joel Cleto regressa ao Museu no dia 16 para conduzir pela última vez em 2018 uma visita à exposição permanente rica em factos e outros pormenores mais inesperados, que enriquecem o conhecimento sobre o passado portista e portuense.

O ‘Dar Letra à Música’ é outra das razões de peso para seguir a estrela do Museu FC Porto no mês do Natal. A sessão de dezembro (dia 13) faz sair do estúdio os cinco elementos dos Dealema para se estrearem no palco do Auditório Fernando Sardoeira Pinto, onde vão ser postos à prova pela habitual dupla de apresentadores e provocadores deste evento de referência no Coração do Porto. Portistas, portuenses e gaienses, Mundo Segundo, Guze, Fuse, Expeão e Maze andam a preparar um novo álbum, depois de seis discos que geraram um culto nos últimos 20 anos. Há muito para conversar, rir e descobrir com este quinteto, ou ‘penta’, de mestres do hip-hop português.

Dezembro também é o mês do FC Porto Bicampeão do Mundo de futebol. Em Portugal, só os dragões alcançaram esse título planetário e nada melhor do que o grande ecrã do auditório do Museu para ver ou rever (dias 12 e 13) as vitórias na Taça Intercontinental de 1987 e 2004. As emoções dessas finais também estão presentes na exposição permanente, onde brilha o troféu original da competição, que ficou em posse definitiva do clube há 14 anos, após o jogo com os colombianos do Once Caldas, disputado em Yokohama (Japão).

Com o espírito da quadra mais esperada do ano, a oficina criativa ‘Dragão de Natal’ (dia 16) e a peça de teatro de marionetas ‘O Porto é uma Lição – História do Clube, da Cidade e, afinal, o Planeta é Azul’ (dia 22), surgem em destaque na programação para todas as idades e famílias. Aliás, o espetáculo de marionetas é um regresso à agenda, especialmente a pensar no Natal e, por isso, apresentado com a magia desta festa, que vai andar no ar no Museu desde o primeiro dia do mês, a encantar as crianças, mas também os adultos.