Ai que sono!…

Deve ser uma das expressões que mais ouve no local de trabalho ou quando está entre amigos!

Quantos de nós não daria tudo por uma boa noite de sono? E quem não se lembra de acordar a pensar que lhe passou um camião por cima?!

Sobre isto, não faltam mitos, é certo e, por isso, Neil Stanley, especialista em Medicina do Sono do Hospital Universitário de Norfolk e Norwich (Inglaterra) contraria alguns deles, num artigo que o “Indepent” divulga.

Tome nota: Afinal, nem todo o adulto precisa de dormir oito horas por dia: uns precisam de mais horas, outros de menos.

E a velha ideia de que o café pode tirar o sono? Se é apreciador de café, relaxe, porque não existe uma relação causa-efeito entre ambos.

Outra ideia (errada) que também se comenta muito é a de que fazer exercício físico à noite é mau! Mas, afinal, a prática de atividade noturna também não é sinónimo de uma noite mal dormida!

Na opinião do especialista, o que realmente precisamos é de desacelerar! E com o verão aí à porta, é bom que comece já a penar nisso, pois Neil Stanley defende também que “há uma ligação muito forte entre a falta de sono e o ganho de peso”. Dormir pouco não é bom para o cérebro, para o peso e para a nossa saúde em geral.

Aceite as nossas sugestões e durma (ou pelo menos tente) mais. Diz Stanley que “o sono é vital para a nossa saúde física e mental”.