Antestreia do documentário “Hip to da Hop”

O Hip Hop será um dos protagonistas da edição deste ano do FNAC LIVE, o festival que promete agitar o Capitólio, em Lisboa. A 21 e 22 de setembro FNAC LIVE'18 recebe a antestreia do documentário "Hip to da Hop”.

Além da antestreia do documentário “Hip to da Hop” que traz uma poderosa retrospetiva do hip hop em Portugal, há mais novidades. Artistas e Dj´s vão marcar presença no evento. O festival organizado pela FNAC vai acolher, numa parceria com a NOS e Follow Creative Studios.

Do sul às ilhas, passando pelo microclima do Porto, este é um documentário que procura compreender de que modo cada artista “se apropria do seu país de diferentes formas”. Inclui dezenas de entrevistas a nomes maiores do panorama nacional, entre eles, Mundo Segundo, Orelha Negra, NBC, Slow J, DJ Ride, Stereossauro, Bdjoy, TNT, Sanryse ou Sensei D.

A exibição do documentário acontece no primeiro dia do FNAC LIVE21 de setembro, pelas 17h30 e a FNAC tem 50 bilhetes duplos para oferecer às 50 rimas mais criativas, sobre o tema “novos talentos”. É possível concorrer plataforma de passatempos da FNAC até 17 de Setembro.

Mas as surpresas não ficam por aqui.

A projeção contará com a presença dos realizadores António Freitas e Fábio Silva e será antecedida pelas atuações de três artistas nacionais:

Bruno Soares

Guitarrista, formado pela escola do Hot Clube e Universidade de Évora, é um músico independente que participa vários projetos nas áreas do jazz, fusão e música popular. Nas suas colaborações destacam-se os seguintes projectos: “Lisbon Lab Trio”. “Paulo R.” e “Em improviso”.

Strolinflows

Strolinflows é a dupla de produtores de Sintra composta por Sleep在patterns e Lost Soul com um groove clássico mas que nos leva a viajar para outros ritmos diferentes.
Teclas, guitarra, piano e samplers; é com o uso de vários instrumentos que já compuseram dois álbuns lançados este ano e têm guardado vários projetos para serem lançados em breve.

 SilabnJayFella

SilabnJayFella é a dupla da Margem Sul que traz consigo uma sonoridade que lembra o clássico, mas com um feeling fresh da nova escola. Com duas mixtapes já lançadas e com um EP a sair em breve com o carimbo da Mano a Mano, os dois músicos têm evoluído em cada tema e conquistado cada vez mais seguidores.

No segundo dia do festival, 22 de setembro, é a vez de Phoneix R.D.C, uma das vozes emergentes do hip hop nacional, brindar os presentes com uma performance bombástica, através das suas rimas duras e cruas.

Este dia conta também com a presença da dupla de produtores Strolinflows, que tocará alguns dos “hits” presentes na banda Sonora do documentário, bem como alguns títulos inéditos.

O breakdance ficará a cargo do grupo Natural Skills, e dos seus revolucionários moves, que prometem fazer tremer os pilares de um dos mais emblemáticos edifícios da capital lisboeta.