Artista plástica Débora Pax expõe em Santa Maria da Feira

De 15 de setembro a 13 de outubro, a Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira recebe a exposição de pintura “PAX.01” da artista plástica Débora Macedo. Em 2018 Santa Maria da Feira acolhe e organiza a V Capital da Cultura do Eixo Atlântico.

Desvendar o talento de Débora Pax é a proposta desta exposição de pintura que se integra no programa de comemorações dos 120 anos do semanário Correio da Feira. Pax é o nome o alter-ego de Débora Macedo, “personificado numa Borboleta vinda de um planeta gigante, Júpiter”, revela a artista plástica de 38 anos, nascida e criada em Santa Maria da Feira. “Pax é uma conciliadora das relações humanas, privilegiando a paz emocional entre os Homens, mas também sem esconder o seu lado mais inquietante e, às vezes, mais terrível…”.

No catálogo da exposição, dois artistas americanos revelam a sua admiração e fascínio pelo trabalho de Débora Pax.

“Admiro a sua linha e cor, a forma como as suas figuras possuem, de forma constante, uma sensação de movimento. Débora está, igualmente, confortável trabalhando em pequena escala ou criando grandes murais panorâmicos narrativos. Vendo cada nova publicação, da sua pintura, é emocionante e inspirador”, escreve o poeta Duane Kirby Jensen Artist, de Washington, que confidencia ter quatro quadros de Débora pendurados na sua parede.

Para o ator californiano Michael Marisi Ornstein “Débora não apenas inventa novas cores, como também cria histórias elaboradas, com rostos delicadamente desenhados, que levam a outros rostos, figuras altas imponentes, balançando como árvores ciprestes ao vento, cenas complexas que reflectem pinturas renascentistas, mesclas que acrescentam dimensões e texturas interessantes”. Ornstein evidencia o seu fascínio pelos “blues” da artista feirense e mostra-se impressionado com “a delicadeza e o cuidado com que ela trabalha, e o tempo que despende pacientemente com cada pormenor”.

“PAX.01” é uma das sete exposições de Artes Plásticas que a Biblioteca Municipal tem calendarizadas para 2018, ano em que Santa Maria da Feira acolhe e organiza a V Capital da Cultura do Eixo Atlântico. A entrada é gratuita.