As Mães “viram” Dragão no Museu FC Porto

As Celebrações do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, também passam pelo Coração do Porto.

Maio é, por excelência, mês das Mães e o Museu FC Porto sabe disso. Mas em maio há mais, muito mais para fazer e descobrir naquele que é o único museu português membro da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas.

Duas sessões de ‘Música com Dragõezinhos’ e uma oficina aberta na Terra do Dragão são razões para celebrar o Dia da Mãe no Museu FC Porto e guardar boas recordações no primeiro domingo de maio (dia 5). E como a efeméride é mesmo especial, as mães não pagam para descobrirem a história azul e branca e os encantos e curiosidades do Estádio do Dragão, deste que acompanhadas por filhos portadores de bilhete Tour FC Porto.

A programação de maio reserva outras propostas pedagógicas e divertidas. A criatividade e magia de Rui Ramos vão encantar com ‘As Cerejas Azuis e Brancas’ em “Histórias para Dragõezinhos” (dia 18), com os adultos também a acompanharem as crianças na oficina ‘As Memórias de Mãos Dadas com a Tradição’ (dia 19) e no ‘Arco-Íris’ do “Teatro com Dragõezinhos” (dia 26).

A quinta edição da “Rota do Dragão” inicia-se na cidade (dia 19) e o historiador Joel Cleto vai conduzir um passeio na Baixa portuense. Nesta caminhada com vistas para o passado da Invicta e do FC Porto, há sempre novos factos e curiosidades para descobrir, e porque o êxito destas visitas é sobejamente conhecido, recomenda-se a inscrição antecipada. O calendário regular do evento até ao final do ano já é conhecido.

O Museu FC Porto e a cidade do Porto também vão estar em festa a 18 de maio para celebrar o Dia Internacional dos Museus, através de uma iniciativa da Câmara Municipal. O ‘Museus Paper’ decorre em vários espaços museológicos locais e será perfeito para alimentar o conhecimento. A participação é gratuita, mas a inscrição prévia e o levantamento de um ‘passaporte’ são formalidades necessárias.

Maio é um mês de brilho universal na história do FC Porto e o auditório do Museu vai ser como uma tribuna VIP em quatro títulos do clube na UEFA. Nos dias 18 e 21, as finais da Liga Europa de 2011 e da Taça UEFA de 2003 enchem o grande ecrã da sala, e nos dias 26 e 27, será a vez da Champions League de 2004 e da Taça dos Campeões de 1987. Em Portugal, como se sabe, só o Dragão partilha muitas e tão boas memórias como estas!

A estreia do portuense Sérgio Godinho no “Dar Letra À Música” está marcada para o dia 9 e, seguramente, vai saber a tanto! ‘Nação Valente’ é o mais recente álbum do músico, letrista, escritor e ator de cinema, televisão e teatro, mas a conversa e as canções vão percorrer estórias e curiosidades de uma longa carreira com genuína assinatura de génio.

Ao longo de todo o mês, há um par de chuteiras do futebolista Hulk em exibição no Hall, mas outras preciosidades descobrem-se ainda nas exposições temporárias do Museu. Na Sala Multiusos, há 70 anos de história em “Bilhar”, modalidade na qual o FC Porto é o clube português com mais títulos nacionais e o único vencedor de uma Taça da Europa. Por sua vez, o Espaço João Espregueira Mendes mostra cinco séculos de arte portuguesa, onde cabem autores como Paula Rego, Alvarez, Amarelhe, Álvaro Lapa, Tàpies, Fernando Lanhas e Ângelo de Sousa.