Barbie ™ homenageia mulheres atletas

Dina Asher-Smith, a velocista britânica mais rápida da história, Olga Kharlan, pentacampeã mundial de esgrima, e Sümeyye Boyacı, jovem nadadora paralímpica, são apenas três das sete atletas incríveis que a Barbie distinguiu no seu projeto global "Dream Gap".

No âmbito do programa “Barbie Role Models”, a boneca mais diversa do mundo dos brinquedos decidiu assinalar o Dia Internacional das Mulheres com a homenagem a um grupo de atletas profissionais europeias, nas quais se destaca a surfista portuguesa Teresa Bonvalot.

Com o claro objetivo de contribuir para a extinção do “Dream Gap“*, que se traduz no período crítico entre as idades dos 5 aos 7 anos no qual as raparigas começam a colocar em causa o seu próprio valor e potencial, a Barbie tem vindo a realçar as conquistas de mulheres de diferentes países e áreas de atuação, apresentando-as como verdadeiras fontes de inspiração.

Com apenas 20 anos de idade, Teresa Bonvalot é hoje uma das maiores referências do surf português. Com um percurso extraordinário em cima da prancha, que já lhe valeu o título de Bicampeã Europeia de Juniores e, muito recentemente, um lugar no pódio na Qualifying Series da World Championship Tour de 2020, a atleta é agora distinguida para incentivar os mais pequenos a tornarem-se na próxima geração de surfistas.

O programa “Barbie Role Models”, que apresenta mulheres inspiradoras, do passado e do presente, como exemplos a seguir para as crianças, é uma das muitas propostas do “Barbie Dream Gap Project”. A iniciativa global pretende fornecer às raparigas os recursos e apoio necessários para acreditarem que podem ser o que quiserem, incluindo o financiamento a diversos projetos académicos de investigação. Em 2019, a marca da Mattel juntou-se à GoFundMe, uma das maiores plataformas de crowdfunding, para doar mais de 250.000 dólares a organizações sem fins lucrativos com a capacidade de alcançar e impactar raparigas numa escala global.

Por toda a Europa, foram homenageados vários role models femininos ligados ao desporto com uma boneca feita à sua imagem, de que são exemplo a campeã mundial de esgrima Olga Kharlan (Ucrânia), a velocista britânica mais rápida da história Dina Asher-Smith (Reino Unido) e a jovem nadadora paralímpica Sümeyye Boyacı (Turquia).

“É incrível ser homenageada com uma boneca feita à minha semelhança. Espero que isso ajude as meninas a perceberem que podem conseguir qualquer coisa se trabalharem arduamente para isso”, afirma Teresa Bonvalot.