Cães têm nova casa no Porto

Trata-se do primeiro parque canino da cidade do Porto e já está acessível no Jardim de Paulo Vallada (Jardim das Pedras), junto à Avenida de Fernão de Magalhães.

A partir de agora, os cães têm uma nova casa na cidade do Porto. Dividido em duas áreas, o primeiro parque canino da cidade está instalado no Jardim de Paulo Vallada e tem dois espaços: um para cães de grande porte, com uma área de 10 por 25 metros, e outra para cães mais pequenos, com a dimensão de 7 por 14 metros.

E nesta nova casa há espaço para correr e brincar: os novos parques são vedados, para que os animais possam correr e brincar livremente sem trela, mas de acordo com as regras estabelecidas e afixadas em painel próprio no local.

De acordo com a nota de imprensa do portal de notícias da Câmara do Porto, “a decisão de avançar com o primeiro parque canino veio também na sequência da constatação de que estava a aumentar o número de animais de estimação na cidade, nomeadamente os cães, o que tornava evidente a necessidade de criar zonas específicas destinadas ao recreio e atividades destes animais, por forma a fomentar a sua saudável e segura permanência no espaço público, mas sem o uso de trela”.

Os dois parques estão ainda equipados com bebedouros, contentores com dispensador de sacos para recolha e deposição de dejetos, obstáculos e barreiras em madeira que permitem aos animais fazer exercícios em salto, bancos (estes para os tutores) e caixas de areia onde podem escavar.