Corrida radical nos antigos estaleiros da Lisnave

Se gosta de corrida de automóveis não perca o Almada Extreme Sprint, a 13 de outubro.

O cenário são os metais e os pavilhões abandonados, junto aos antigos estaleiros navais da Lisnave, em Almada, para a disputa de uma espécie de super-especial sprint, numa parceria entre a Câmara Municipal de Almada e o Clube de Motorismo de Setúbal para revitalizar o espaço que se encontra abandonado.

Está garantida a participação de dezenas de pilotos, em automóveis de corrida e não só. A competição é apadrinhada pelo antigo Campeão do Mundo de Ralis, Rui Madeira, na categoria “grupo de produção” e conta com duas modalidades: uma de Regularidade e outra de Sprint.

Num percurso de 2600 metros, as provas têm início às 9 horas da manhã, com um briefing aos pilotos e uma volta de reconhecimento pela pista.

As inscrições encontram-se abertas na página do Clube de Motorismo de Setúbal e a organização já recebeu três mil registos.

Se quiser ver e sentir a emoção das gincanas, basta ir: a entrada é livre.