D. Maria II com nova programação

No final de 2018, o Teatro Nacional D. Maria II antecipa-se à época festiva, revelando a sua programação para os últimos meses da Temporada 2018/2019. Aldina Duarte, Bruno Nogueira, Isabel Abreu, Ivana Müller, Martim Pedroso, Miguel Loureiro e Tiago Guedes, são apenas alguns dos nomes que compõem a nova programação.

Fique a par da programação do D. Maria II para os últimos meses da Temporada 2018/2019. Em março, destaque para a estreia de Um outro fim para a Menina Júlia, nova criação de Tiago Rodrigues, que imagina um futuro diferente para as três personagens do texto de August Strindberg.

A matança ritual de Gorge Mastromas, uma encenação de Tiago Guedes que marca o regresso de Bruno Nogueira ao D. Maria II, é uma das apostas para este período. Um texto do multipremiado Dennis Kelly, sobre a ascensão ao poder e os dilemas morais dessa caminhada. Para ver a partir de 25 de maio.

No mês de julho, Aldina Duarte e Isabel Abreu sobem ao palco da Sala Garrett com Malfadadas. Um espetáculo que une o Teatro e o Fado, sob as impressões e palavras de quatro figuras femininas da mitologia literária. O público estrangeiro é convidado especial desta criação, que será legendada em inglês e francês.

Neste período, atenção redobrada para o público mais jovem. Depois da encenação de Miguel Loureiro, em março, de Frei Luís de Sousa, João de Brito encena, em maio, Insuflável, uma metáfora sobre o crescimento. Nesta altura, apresentam-se também as duas novas criações do Boca Aberta – projeto de Teatro para crianças dos 3 aos 6 anos: Mau mau, lobo mau! e Falas estranhês?, encenadas por Catarina Requeijo. O palco é também pisado por jovens aspirantes a atores, com as apresentações dos projetos finais do PANOS – palcos novos palavras novas e do K Cena.

A 27 de março, Dia Mundial do Teatro, espaço para a inauguração de uma exposição sobre a fotografia de José Marques, incontornável fotógrafo da cena teatral portuguesa do século XX. O D. Maria II recebe ainda as criações Parlamento Elefante (de Eduardo Molina, João Pedro Leal e Marco Mendonça), Sequências narrativas completas (de João de Sousa Cardoso), Conversations out of place (de Ivana Müller) e História ilustrada do teatro português (de Martim Pedroso e João Telmo). A Bienal BoCA, o FIMFALx19 e o Festival de Almada, voltam a integrar a programação, que inclui também, pela primeira vez, o Festival Antena 2.

Até aos últimos dias do ano, continuam os ensaios de Alice no País das Maravilhas, encenação conjunta de Maria João Luís e Ricardo Neves-Neves, que estreia a 27 de dezembro de 2018 na Sala Garrett.