Dia Mundial da Obesidade

Hoje, 11 de outubro, marca-se o Dia Mundial da Obesidade. Mais correto seria dizer «Dia Mundial contra a Obesidade», já que o que se pretende ao marcar esta data é contrariar esta a doença.

1,4 milhões de portugueses tem excesso de peso e este é um problema que, mais do que nunca, precisa de ser combatido, uma vez que Portugal é dos países com maior taxa de obesidade da União Europeia.

Como diz a Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO), fundada com o objetivo de promover a investigação e a divulgação de conhecimento: “A obesidade é uma doença crónica, complexa e multifatorial que ultrapassa as escolhas individuais. A ideia estigmatizante de que a pessoa com obesidade é responsável pela sua condição, por ser “preguiçosa” ou não ter autocontrolo, retira o profissional de saúde da equação da eficácia do tratamento, responsabilizando unicamente a pessoa pelo sucesso do mesmo”.

Os atuais números mostram que devido à obesidade morrem, a cada ano, 2,8 milhões de pessoas a nível mundial, estimando-se que metade da população a nível mundial seja obesa ou sofra de pré-obesidade. No nosso país, os números não são menos alarmantes.

Para acabar com o estigma da obesidade e se resolva o problema a SPEO propõe a formação especializada em tratamentos eficazes contra esta doença a todos os profissionais de saúde, a mudança do discurso sobre o tema, abolindo tudo o que possa ser estigmatizante e  acesso de qualquer doente ao tratamento integral da obesidade, inclusive as cirurgias barátricas, indicadas aos casos de obesidade mórbida.