Esqueça o mau hálito! Cebola faz bem

À exceção do mau hálito, afinal parece haver 1001 razões para comer cebola todos os dias (e a qualquer hora).

É um alimento imprescindível na dieta americana e a pode comer a cebola assada, frita ou mesmo crua. Saiba por que motivo deve comer cebola todos os dias. Em conjunto com o seu amigo alho, a cebola é das plantas com mais propriedades medicinais – a revelação é feita pelo jornal diário espanhol  La Vanguardia. Além disso, a cebola é barata e um produto acessível.

Sabia que apesar de ter bastante sabor, a cebola é 94% composta por água? Feitas as contas, a cada 100 gramas consome apenas 23 calorias, 1,4 gramas de proteína, um grama de fibra e apenas 0,2 gramas de lípidos. São, portanto, muitos os motivos para acrescentar este produto à sua alimentação. Apesar de se tratar de um alimento de inclusão nada difícil, especialmente conhecido pelo mau hálito, certo é que a cebola tem um baixo aporte de calorias.

Já a grande quantidade de água, garante a função diurética, sendo ainda mais aconselhada a quem sofra de insuficiência renal ou hipertensão. Mas as vantagens não ficam por aqui! Ação antifúngica, antibacteriana, expectorantes, anticoagulante, anti-inflamatória e imunoestimulante são outras das vantagens que encontra na cebola.

A juntar a todos este sbenefícios ainda faltar lembrar uma das vantagens mais conhecidas – a ação depurativa, ou seja, a capacidade de ‘limpar’ o estômago durante a digestão.

Na verdade, torna-se difícil imaginar a culinária dos nossos dias sem a presença da cebola. Existem registos da utilização deste vegetal na Ásia Central, no Paquistão e no Irão há pelo menos 5 mil anos. Fresca ou como base aromática, para temperar ou até como prato principal. Nas saladas, refogados, como base de um assado entre tantas outras opções… haja imaginação! Afinal de contas, a cebola combina com tudo!