Estradas feitas de plástico recolhido no oceano…

A cidade holandesa de Roterdão vai pavimentar as suas estradas com plástico recolhido do mar.

Quem quer testar esta hipótese, e para a qual já se candidatou aos fundos europeus com o projeto PlasticRoad, é a empresa VolkerWessels. A ideia é ir progressivamente substituindo o tradicional asfalto por plástico reciclado retirado dos oceanos. Pavimento de plástico? Sim, a companhia garante que as vias de plástico são até três vezes mais duráveis nas cidades, mais resistentes a corrosões químicas e, ainda, a maiores variações de temperatura (de -40ºC a 80ºC), prevendo-se uma vida útil de 50 anos, enquanto a do asfalto é de cerca de 16 anos.

Além disso, asfaltar com plástico é mais fácil e, consequentemente, mais barato.

E o oceano agradece…

Esperemos para ver!