“Expodemo” exalta Moimenta da Beira

É uma mostra de atividades, produtos e serviços da região, um certame de exaltação à maçã, uma festa ao fruto 'tentação' que se realiza anualmente em Moimenta da Beira. De 14 a 15 de setembro.

É assim desde 2012. “Expodemo” é mais um elemento de reforço das dinâmicas regionais.

No site do Município já se pode ler que Carlos do Carmo estará em destaque.

“Ele é o Fado inteiro! A sua voz maior! O símbolo dessa cultura fadista que ele elevou aos céus e personificou na sua mais pura génese. Carlos do Carmo, esse mesmo, esse que foi o primeiro português a conquistar um Grammy, vai estar em Moimenta da Beira na primeira noite da Expodemo, 14 de setembro, pelas 21h30, para um concerto que se adivinha grande, memorável, envolvente, único, emocionante e geracional. Quem não conhece as suas canções? Interpretações como “Canoas do Tejo”, “Por Morrer Uma Andorinha”, “Um Homem na Cidade”, “Lisboa Menina e Moça”, “O Cacilheiro”, “Estrela da Tarde”, “Duas Lágrimas de Orvalho” muitas delas escritas com José Carlos Ary dos Santos, Fernando Tordo e Paulo de Carvalho. O concerto, no palco maior do certame, será de entrada livre, tal como todos os outros (e serão muitos) que a Expodemo proporcionará nos três dias de programa, 14, 15 e 16 de setembro”.

O programa aclama-se todo ele, mas nesta edição de 2018 vai encher-se ainda de mais charme quando subir ao palco, para um concerto único e inigualável, Carlos do Carmo, essa voz-maior do Fado Português, a primeira expressão artística em Portugal declarada pela UNESCO Património Cultural Imaterial da Humanidade”. A “Voz” vai ouvir-se na primeira noite da festa, 14 de setembro, no palco maior do certame.

Depois, o programa alarga-se e toca outras artes, do experimentalismo que rompe com as mais variadas tradições artísticas, aos espetáculos mais visuais e sensoriais, daqueles que nos arrepiam a derme, porque nos encantam e fascinam.