Exupéry: O essencial é invisível aos olhos

Passou na RTP 2 um documentário sobre Antoine de Saint-Exupéry. Se puder reveja-o, porque vale a pena

Em 1944, durante um voo de reconhecimento, Antoine de Saint-Exupéry desapareceu nos céus do Mediterrâneo. Com este mistério nasceu um mito.

Autor da obra-prima O Principezinho, Antoine de Saint-Exupéry, ou Saint-Ex para os amigos, sobrevoava o Mar Mediterrâneo quando o seu avião desapareceu dos céus, a 31 de Julho de 1944. Este trágico e misterioso evento fez surgir uma lenda.

Foi falha mecânica? Erro de navegação? Terá sido abatido pelo inimigo? Suicidou-se? O corpo do aviador, nunca encontrado, alimentou uma incerteza que se prolongou por décadas.

Quem foi afinal o homem que escreveu O Principezinho, um livro adorado por crianças e adultos, traduzido em mais de 250 línguas e dialetos, um tratado com frases como «o essencial é invisível aos olhos»? Através de filmes e arquivos de desenhos, este documentário de Andrès Jarach revê, no percurso de um voo, momentos da vida do autor/aviador, uns bem-sucedidos e outros nem por isso, que ajudaram a criar o mito.