Hi Fly em ares ecológicos

Em termos práticos, o que a companhia aérea portuguesa “Hi Fly” fez foi voar sem objetos de plástico a bordo. O grande mérito é que, além de ser a primeira companhia do mundo a viajar sem plástico, trata-se de uma iniciativa totalmente ecológica, verde, sustentável e amiga do ambiente.

Teria tudo para ser mais uma viagem da Hi Fly. A grande diferença estava no facto de a companhia aérea portuguesa ter substituído os  diversos objetos de plástico por outros utensílios recicláveis, de bambo e embalagens de papel.

A partida da aeronave decorreu no dia 26 de dezembro de 2018, de Lisboa (Portugal) para Natal (Brasil). Mas o projeto não fica por aqui. De acordo com a Lonely Planet, o presidente da Hi Fly, Paulo Mirpuri, explicou que, dentro de 12 meses, a companhia pretende ser a primeira do mundo a voar sem utilizar qualquer plástico a bordo. A tentativa para reduzir a utilização de plásticos na indústria das viagens é, de resto, uma tendência cada vez mais seguida. É o exemplo da companhia aérea Ryanair que também já anunciou os seus planos para se livrar totalmente dos plásticos nos próximos anos.

Imagine o momento de servir as refeições e a quantidade de plástico. Uma companhia aérea já resolveu essa questão com o «primeiro voo tripulado de passageiros sem um único objeto de plástico a bordo».  A companhia aérea portuguesa Hi Fly foi a primeira do mundo a completar um voo de teste sem plástico a bordo.