Kusama e Warhol: o maior roubo da pop

O espetáculo Kusama e Warhol: o maior roubo da pop tem a estreia prevista em Portugal para Maio de 2019, iniciando digressão nacional e já tem datas agendadas em três festivais internacionais em Madrid e Cantábria em Outubro e Novembro de 2019.

As produções D. Mona vão estrear Kusama e Warhol: o maior roubo da pop, depois da história de Frida e do sucesso do espetáculo Não Kahlo.

O espetáculo Kusama e Warhol: o maior roubo da pop abre uma fenda sobre a enfermidade psicológica da artista Yayoi Kusama e da sua obsessão com a repetição de padrões e imagens, ideia lançada na década de 60 pela artista japonesa e que, Andy Warhol reproduziu nos anos seguintes, revolucionando a história da pop arte com obras que reproduziram ícones como Marilyn Monroe, as latas de sopa Campbell ou as garrafas da Coca-Cola.

A rivalidade entre Kusama, atualmente com 89 anos, e o pintor e cineasta americano Warhol, marcou o movimento estético de massificação da cultura popular capitalista – pop arte.

A dupla de artistas rivais mais conhecida do movimento Pop, Yayoi Kusama e Andy Warhol, esteve no centro da polémica em torno daquele que foi um dos maiores roubos na história da viragem artística pós-moderna.