Marionetas regressam a Lisboa

A 19ª edição do FIMFA Lx - Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas terá lugar de 9 a 26 de maio em dez espaços da cidade de Lisboa. Ao longo de 18 dias, será possível assistir a mais de 20 espetáculos de companhias de 12 países, incluindo Portugal, Alemanha, Dinamarca, EUA, França, Irão, Moçambique e Reino Unido.

A abertura do FIMFA Lx19 terá lugar no Castelo de São Jorge, a 9 de maio, com as Marionetas Gigantes de Moçambique; os Nudes da companhia inglesa Natural Theatre Company e os micro teatros da companhia Laitrum Teatre, que condensam cinco obras de Shakespeare em peças de 8 minutos, criadas pelos espectadores.

Pelo FIMFA Lx19 vão ainda passar espetáculos como Hans Christian, You Must Be An Angel, dos dinamarqueses Teatret Gruppe 38; Chambre Noire, um trabalho aclamado pela crítica internacional, que aborda o universo da mulher que disparou contra Andy Warhol, sem o conseguir matar; Invisible Lands, da companhia Livsmedlet Theatre, onde o corpo humano é transformado em paisagens para personagens em miniatura; e We Are The Monsters, uma viagem através da metamorfose e da transformação, de Colette Sadler, dirigida a toda a família.

O prémio deste ano foi atribuído a João Carneiro, jornalista e crítico de teatro, que terá agora a possibilidade de editar uma publicação bilingue ou de receber apoio num projeto de investigação. O júri reconhece desta forma a importância da crítica enquanto veículo de reflexão e questionamento, funcionando como mediador entre os espetáculos e os seus criadores e o público.

A 19ª edição do FIMFA Lx será pautada pelo contraste entre o macro e o micro e pela conjugação dos materiais mais inusitados, em espetáculos onde identidade, liberdade e memória serão temas de destaque.

O FIMFA Lx19 é um projeto d’ A Tarumba – Teatro de Marionetas, com direção artística de Luís Vieira e Rute Ribeiro.