«Mulheres que amam de mais»

A Marcador lança a 4 de março um novo livro» Mulheres que amam de mais» da terapeuta conjugal norteamericana Robin Norwood. Um bestseller internacional que chega agora a Portugal e que tem ajudado milhões de mulheres a encontrarem o equilíbrio nas relações e a felicidade.

Para algumas mulheres, amar é sempre sinónimo de sofrimento. A este padrão de comportamento, Robin Norwood chama «amar de mais».  A 7 de março assinala-se o Dia de Luto Nacional pelas Vítimas de Violência Doméstica, e a 8 de março o Dia da Mulher. Dois motes perfeitos para um livro que ensina as mulheres a mudarem a forma de amar, para deixarem de sofrer.

As mulheres que amam de mais…

– são atraídas por homens perturbados, distantes, temperamentais, e ignoram os «bons rapazes», que consideram aborrecidos;

– põem de parte amigos e interesses para estarem sempre disponíveis para eles;

– sentem-se vazias sem eles, muito embora estar na sua companhia seja um tormento.

Através de uma série de relatos de casos íntimos e reveladores, Robin Norwood apresenta a estas mulheres um caminho possível no sentido de viverem relações mais equilibradas e gratificantes.

Com recurso a uma rara sensibilidade, Norwood encaminha a leitora a canalizar a energia para si mesma, em vez de a projetar num homem que não quer mudar de atitude. Recorda que o amor deve ser um acontecimento feliz e não um evento angustiante.

Mulheres Que Amam De Mais é um livro esclarecedor e indispensável para todas as pessoas que desejam alterar padrões de comportamento e levar uma vida tranquila e feliz, amando os outros e a si mesmas. É autora de vários livros.