“Não Kahlo” chega ao CC Olga Cadaval!

Após integrar o III Ciclo de Teatro Argentino e o Festival Clown y Cabaret do na cidade de Madrid, “Não Kahlo” chega ao Centro Cultural Olga Cadaval.

“Não Kahlo”, um espetáculo que parte da vida, obra e sonhos da pintora mexicana Frida Kahlo. Apelidada pela crítica madrilena Estrella Savirón como uma “valiente y arriesgada, apuesta por la diversidad en la forma y el contenido” (Revista Agolpe de Efecto).

Dialogando com o universo de «Alice no País das Maravilhas», as criadoras Mónica Kahlo e Sílvia Raposo recriam Alice não como uma sucessão de eventos, mas como uma história que mergulha no universo surrealista, do realismo mágico latino-americano, biográfico e artístico de Frida Kahlo, “regurgitando mitos para reinventarlos en escena” (Tragycom, crítica por Melones Valle).

Palco das feridas físicas e psicológica de Frida, Diego Rivera, as rosas, os coelhos motorizados, a sexualidade, os veados, o corpo, o aprisionamento, as limitações físicas, o espetáculo Não Kahlo abre-se num cenário onde o realismo se dissemina com a presença de elementos surrealistas, de teatro do absurdo e simbolismo que se desenrolam a partir de uma multidisciplinariedade que mescla interpretação, dança contemporânea, expressão corporal, audiovisual, artes plásticas e artes literárias com a experimentação artística.

Não Khalo é um espetáculo que estreou em junho em Lisboa e em julho de 2018 em Madrid, e com carreira até 2019 em Lisboa. Sobe à cena no dia 2 de fevereiro de 2019 às 21h30 no Centro Cultural Olga Cadaval (Auditório Acácio Barreiros).

A Encenação, texto e cenografia são da autoria de Mónica Kahlo e Sílvia Raposo.

Mónica Kahlo é atriz e encenadora e Sílvia Raposo é antropóloga e investigadora. Ambas são doutorandas em artes performativas e trabalham como criadoras desde 2014.