“Nem tudo o que vem a rede é peixe”: por um oceano melhor!

Campanha de sensibilização ambiental pretende juntar surfistas e comunidade local na procura de um oceano melhor. "Nem tudo o que vem a rede é peixe" é o título da ação que pretende eliminar o plástico e ajudar a manter limpo o nosso oceano.

Todos os anos toneladas de lixo acabam no fundo do oceano e, por conseguinte, nas praias. Aliás, aquele que dá à costa representa só uma pequeníssima parte do problema. As principais causas são os padrões insustentáveis de produção e consumo, estratégias desajustadas de gestão de resíduos, mas também a falta de consciência ambiental das pessoas. “Nem tudo o que vem à rede é peixe” é o mote para uma campanha organizada pelo Onda Pura Surf Center, a que se junta o MAR Shopping Matosinhos, e que pretende eliminar o plástico e ajudar a manter limpo o nosso oceano, incentivando e alertando para as boas práticas ambientais, como é o caso da reciclagem.

A campanha “Nem tudo o que vem à rede é peixe”, que  tem a duração de três meses, arranca dia 9 de novembro, às 11h30, com uma ação de limpeza na Praia de Matosinhos. A iniciativa tem por objetivo sensibilizar todos os alunos do Onda Pura Surf Center, surfistas e utilizadores em geral para a apanha de plástico, antes ou depois de cada aula/sessão de surf, utilizando um depósito de recolha para o efeito. O passo seguinte passa pela reciclagem desses microplásticos, um dos principais poluentes dos oceanos.

Ainda no âmbito da campanha, tem lugar a 7 de dezembro, no Onda Pura Surf Center, uma palestra de sensibilização ambiental e redução da pegada ecológica, subordinada ao tema “O mar as suas espécies, principais ameaças e soluções para a redução da pegada ecologica” e que será orientada pela bióloga marinha da Ocean Devotion, Vânia Afonso. Esta profissional tem trabalhado em vários países como a Islândia, Cabo Verde, Alemanha, África do Sul, assim como nos arquipélagos da Madeira e dos Açores, na área de educação ambiental e da natureza.

O MAR Shopping Matosinhos associa-se, assim, a uma ação de responsabilidade social, que visa incentivar as boas práticas ambientais, como a  limpeza das praias e a reciclagem, e que possam conduzir a um desenvolvimento sustentável da região e à preservação contínua do meio ambiente.