O Dragão vai “morar” em Alfândega da Fé (mas volta)

A partir do dia 25 de julho e até 29 de setembro, o Dragão vai ganhar uma nova Casa - será a Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, em Alfândega da Fé. O evento destina-se a todas as idades e tem entrada livre.

“Nesta Casa Mora o Dragão” é o nome da exposição que o Museu FC Porto vai levar até Alfândega da Fé. Trata-se de um conjunto de objetos, fotografias e outros exclusivos saídos das coleções azuis e brancas.

 A caminhar para o sexto ano de atividade, o Museu FC Porto continua a levar história para fora de portas, aproximando ainda mais a memória e património portista e portuense dos diversos públicos. Desta vez, a iniciativa ‘Nesta Casa Mora o Dragão’ visita Alfândega da Fé, em pleno coração do nordeste transmontano, inaugurando no dia 25 de julho, na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, uma exposição de objetos, fotografias e muitas outras curiosidades com vistas para o passado azul e branco.

Com entrada livre, o evento prolonga-se até final de setembro e resulta de uma parceria do Museu com a Casa do FC Porto e a Câmara Municipal de Alfândega da Fé. Em Alfândega da Fé, além de objetos e outros exclusivos saídos das coleções do Museu FC Porto, a mostra contempla uma seleção de trabalhos de repórteres-fotográficos que acompanharam o quotidiano portista e portuense ao longo das últimas décadas do século passado. A Casa do FC Porto local também vai participar com peças da sua própria coleção e, além disso, a exposição lança ainda um olhar para a relação do escultor José Rodrigues e do arquitecto Alcino Soutinho (projetou a Casa da Cultura alfandeguense) com a memória e o património do clube. A inauguração tem lugar às 15.30 horas do dia 25 de julho e o programa da cerimónia inclui uma visita à sede da delegação portista.

‘Nesta Casa Mora o Dragão’ também é uma exposição realizada no âmbito da área temática ‘28.’ do Museu FC Porto, um projeto que partilha ainda mais história dentro ou fora do museu portista. Recorde-se que em 2017, a mesma iniciativa, que descentraliza a partilha da história abraçando o universo de filiais e delegações do FC Porto, foi um êxito no Museu Municipal Carmen Miranda, na cidade de Marco de Canaveses.