O poder transformador da natureza!

A “Terapia da Natureza” é uma prática que promete melhorar a nossa saúde física e mental através do contacto com a natureza…

Criada no Japão nos anos 80, a “Forest Therapy”, como é conhecida nos Estados Unidos e Europa, ou a “shinrin-yoku” (algo como “banho na floresta“) consiste em estar em contacto direto com a natureza para bem da saúde.

De acordo com Amos Clifford, fundador e diretor da Associação da Natureza e Terapia da Floresta, em entrevista ao jornal “Today”, o contato direto com a natureza pode acabar com o stress, a insónia, a tensão e até aliviar a dor crónica.

Dr. David Strayer, professor de psicologia na Universidade de Utah, garante que entrar numa floresta muda a maneira como o cérebro funciona, reduzindo os níveis de stress e aumentando a sensação de bem-estar.

Um estudo japonês, publicado na revista científica NCBI, mostra que o simples facto de observar a natureza durante 20 minutos reduz os níveis de cortisol salivar em 13,4%, além de reduzir a pressão arterial e a frequência cardíaca, desencadeando um aumento significativo na atividade de células que são produzidas pelo sistema imunológico, evitando infeções e combatendo o cancro. O estudo prova que, se passarmos 3 dias na floresta, as células do sistema imunológico aumentam no nosso organismo até 50%, com efeitos benéficos durante cerca de 30 dias.

Os defensores desta terapia garantem também que andar descalço pode funcionar como um potente tratamento e uma possível solução para uma variedade de doenças, crónicas e degenerativas, devido à carga de eletrões presentes na terra, que funcionam como poderosos antioxidantes, destruindo os radicais livres.

Ou seja, parece não faltarem razões, científicas e não só, para acreditar no poder transformador da natureza!

Vá lá, experimente passar algumas horas ou mesmo alguns minutos cercado por árvores, plantas, sinta o cheiro da terra, ouça os pássaros e… reconecte-se… consigo!