Optometristas promovem campanha para melhorar saúde visual das crianças

A Associação de Profissionais Licenciados em Optometria (APLO) vai promover uma campanha de consciencialização para a saúde visual das crianças, em idade escolar, para permitir a deteção e tratamento precoce da ambliopia e outros erros refrativos nos mais novos.

“A ambliopia ou olho preguiçoso consiste na diminuição da acuidade visual de um olho ou dos dois olhos não melhorável com óculos ou lentes de contacto, devido a problemas no desenvolvimento da visão, e afeta principalmente as crianças. É um reconhecido problema de saúde pública, sendo a causa mais frequente de perda de visão monocular entre os 20 e os 70 anos de idade”, explica Raúl Sousa, presidente da APLO.

E acrescenta: “Aproximar-se muito dos objetos para ver ou semicerrar os olhos para tentar ver melhor, podem ser sinais de ambliopia nas crianças. Já o estrabismo, o erro refrativo ou diferença de graduação entre os olhos (anisometropia) e a obstrução do eixo visual são as principais causas de ambliopia”.

A campanha pretende levar optometristas às escolas, a nível nacional, para a realização de rastreios visuais às crianças, assim como para a prestação de cuidados de saúde da visão, mas também para sensibilizar os professores para os sinais de alerta de ambliopia e outros erros refrativos.

Para corrigir a ambliopia pode ser necessário o uso de óculos com graduação para correção de erros refrativos, e nos casos mais graves pode estar indicada a cirurgia precoce para permitir a estimulação do córtex visual. Esta condição pode ser detetada, diagnosticada e tratada pelos Optometristas.