Oris lança novo Big Crown Pointer

O Oris Big Crown Pointer Date foi criado pela primeira vez em 1938, há mais de 80 anos, para satisfazer as necessidades dos aviadores da época que desejavam ter uma peça bonita, mas também altamente útil e funcional: a coroa grande do Oris Big Crown era adequada ao uso de luvas volumosas de pele para pilotar e o mostrador transparente, com algarismos arábicos bem legíveis, ajudava à rápida leitura durante o voo.

Em 2020, a Oris lança o novo Big Crown Bronze Pointer Date, um relógio mecânico fabricado à mão por relojoeiros em Holstein, na Suíça, com caixa, luneta, e coroa de bronze maciço, um material que recorda as origens industriais da Oris e que, com o passar do tempo, ficará patinado, contando, também ele, a sua própria história. O mostrador em bronze maciço é quimicamente tratado e revestido com um verniz transparente opaco para dar um acabamento único e distintivo a cada peça, reforçando o estatuto ímpar de design Oris.

Como se explica o facto de um design ter mais poder e valor sobre outro? Como é que um milímetro aqui ou um traço ali pode ter um impacto tão significativo e duradouro na importância e longevidade de um design? Rolf Studer responde que “a beleza motiva as nossas decisões. Na beleza encontramos a atração, até o amor, aquilo que nos motiva a investir. Compramos aquilo que adoramos. Com um relógio, isso é especialmente verdade. Geralmente, o coração comanda a cabeça”.

O novo Oris Big Crown Bronze Pointer Date celebra ainda o papel que o Big Crown Pointer Date desempenhou na história da Oris. Com efeito, o Big Crown Pointer Date teve um papel crítico na decisão da Oris, em meados dos anos 80, e após a Crise do Quartzo nos anos 70, de reconstruir a empresa apenas com relojoaria mecânica. “O Oris Big Crown Pointer Date tinha uma história, um propósito e um valor emocional contra os quais as novidades movidas a quartzo daquela época não conseguiam competir. E tornou-se na assinatura da Oris e num símbolo do renascimento dramático da indústria relojoeira suíça”, refere Rolf Studer, Joint Executive Officer da Oris.

A Oris foi fundada em 1904 e produziu o seu primeiro relógio para pilotos por volta de 1910. Louis Blériot tinha atravessado o Canal da Mancha em 1908. Pouco depois, a Oris criou um relógio de bolso com a imagem de um avião Blériot gravada na caixa. Em 1917, seguiu-se o primeiro relógio de pulso para pilotos, uma peça inteligente que só podia ser ajustada com a ativação de um botão por cima da coroa.

A guerra motivou avanços na relojoaria e na aviação e, em 1938, a Oris criou o relógio que viria a ser uma peça icónica, conhecido como o Big Crown Pointer Date. Tinha uma coroa grande que podia ser facilmente operada por pilotos, mesmo usando luvas volumosas; grandes algarismos arábicos, para ler as horas rapidamente; uma luneta abaulada e estriada; e um ponteiro de data central. Era simples, lógico, útil – e funcionava.

A relevância contínua do Big Crown Pointer Date deve-se em grande parte ao seu design original. Mais de 80 anos depois, esses mesmos princípios de design continuam a pautar o Big Crown Pointer Date que, com o tempo, foi aperfeiçoado com melhorias mecânicas e materiais, mas o seu espírito intemporal e pioneiro permanece.