Osmarina Pernambuco não consegue esquecer

Osmarina Pernambuco não consegue esquecer, a mais recente criação de Keli Freitas, tem estreia marcada no Teatro Nacional D. Maria II a 21 de novembro, onde ficará em cena até dia 1 de dezembro.

Osmarina Pernambuco não consegue esquecer leva para o palco a história e as palavras de Osmarina Pernambuco, uma mulher brasileira, nascida em 1919, que registou, durante toda a sua vida, o seu quotidiano em diários, num gesto quase ritual, que dá a ver gente e vida. Criado a partir do encontro com estes diários, o espetáculo espreita o mundo através das anotações que ali resistem e projeta, no compromisso desta mulher com a escrita, uma aprendizagem contra o esquecimento.

Osmarina Pernambuco não consegue esquecer tem texto, encenação e interpretação da atriz e dramaturga brasileira Keli Freitas e estará em cena na Sala de Cenografia do D. Maria II de 21 de novembro a 1 de dezembro. O texto do espetáculo foi escrito no âmbito do terceiro Laboratório de Escrita para Teatro do D. Maria II.