Pela sua saúde, não fume…

Fumar prejudica a sua saúde, mesmo que fume cigarros eletrónicos.

O assunto é controverso, já se sabe. Mexe com a liberdade individual e com a saúde (pública). Muitos garantem que o uso de cigarros eletrónicos é menos prejudicial que o tabaco tradicional.

Parece que não é assim. Pelo menos segundo um estudo desenvolvido recentemente pela Universidade de Birmingham, segundo o qual o uso de cigarros eletrónico infeta as células do sistema imunitário, bastando 48 horas para que a inflamação ocorra, principalmente nos rins, onde a normal atividade do órgão é posta em causa.

Os investigadores admitem, todavia, que, em termos de risco de cancro, o número de possíveis células cancerígenas é inferior num fumador de cigarros eletrónicos do que num de cigarros tradicionais. Ainda assim, o risco de obstrução crónica pulmonar é semelhante, devendo as consequências ser imediatamente visíveis dentro de 20 ou 30 anos.

A conclusão: o consumo de cigarros eletrónicos não é inócuo; ao contrário, é “mais prejudicial do que anteriormente se pensava”.