Peso da Régua é Cidade do Vinho 2019

O recente galardão Cidade do Vinho 2019 vai contribuir para a promoção, valorização e afirmação do Douro. Trata-se da primeira vez que uma cidade do Douro obtém este selo.

Peso da Régua lutou pelo galardão Cidade do Vinho 2019 com Borba (Alentejo) e Viseu (Dão). Esta distinção existe desde 2009 e já elegeu localidades como Madalena do Pico, Lagoa, Barcelos, Vidigueira, Viana do Castelo, Beja e Palmela.

“O próximo ano, 2019, vai ser o ano em que vamos reforçar a nossa capacitação, a nossa promoção, o valor acrescentado da fileira do vinho e da vinha”, salientou o autarca José Manuel Gonçalves. O presidente referiu ainda que o atual executivo de Peso da Régua está empenhado em “dar ênfase à questão económica e à valorização do vinho”.

A candidatura a Cidade do Vinho teve como objetivo ajudar na capacitação da região e pretende ser “mais uma marca para afirmar o Douro no país e no mundo”. A eleição aconteceu no dia 15 de novembro, no decorrer da Assembleia Intermunicipal da AMPV (Associação de Municípios Portugueses do Vinho), em Torres Vedras.

Considerada uma das mais grandiosas e belas paisagens vinhateiras do mundo, o Douro apresenta-se como um anfiteatro gigante de xistos e videiras. Dos miradouros de São Leonardo de Galafura e Santo António de Loureiro, pode ser admirada esta realidade, bem como o elemento principal deste cenário: o rio Douro.

Tendo mandado delimitar as vinhas do Vale do Douro com marcos de granito, determinando assim as áreas de produção dos melhores vinhos, Portugal criou no Douro a primeira região demarcada e regulamentada do mundo. A partir daí, em virtude da sua localização geográfica, Peso da Régua tornou-se no centro nevrálgico da região.

Tanto na gastronomia reguense como na da restante região duriense, o vinho do Porto assume-se imprescindível, tanto como ingrediente “secreto” de pratos únicos, como acompanhamento de refeições, das mais fartas às mais ligeiras