Portugal “arrasa” nos Óscares do Turismo

Portugal é, pelo segundo ano consecutivo, o melhor destino europeu, Lisboa a Melhor Cidade Destino da Europa, a Madeira o melhor destino insular e os Passadiços do Paiva a melhor atração de turismo de aventura. Quem o diz são os prémios do World Travel Awards, tidos como os "óscares do turismo".

Ao todo foram 36 os prémios arrecadados por Portugal na Gala Europa, que decorreu em Atenas, mas mais importante é, sem dúvida, a revalidação do título de 2017 de melhor destino europeu, superando países como a Áustria, a Inglaterra, a França, a Alemanha, a Grécia, a Irlanda, a Itália, a Noruega, a Espanha, a Suécia, a Suíça e a Turquia.

Segundo o comunicado da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “receber o ‘óscar’ de Melhor Destino Europeu pelo segundo ano consecutivo é algo que enche de orgulho e prova que Portugal continua no top das preferências dos turistas internacionais”. “Estes resultados mostram que a nossa estratégia está claramente a dar frutos e que o mundo olha para Portugal como um exemplo, e também nos motivam para continuarmos o trabalho de qualificação da oferta e dos destinos, alargando o turismo a todo o território e ao longo de todo o ano, tornando-o cada vez mais sustentável”.

Lisboa, na competição das cidades, foi mais votada do que Amesterdão, Barcelona, Londres, Paris, Roma e Veneza, o que significa um upgrade relativamente ao titulo de 2017 em que a capital tinha sido distinguida como Melhor Destino Mundial para City Break. Pelo terceiro ano consecutivo, Lisboa conquistou também o prémio de Melhor Porto de Cruzeiros.

“A conquista de Melhor Cidade Destino da Europa é histórica para Lisboa, pois já recebemos inúmeros prémios, mas este ainda não tinha sido conquistado. O facto de estarmos a estabelecer os níveis de qualidade a que outras cidades devem aspirar, deixa-nos muito orgulhosos do trabalho que tem sido feito ao longo dos anos”, afirma em comunicado Vitor Costa, diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa.

facebook.com/visitmadeiraofficial

Sem surpresa, já que é a quinta vez consecutiva, a Madeira foi distinguida como o Melhor Destino Insular da Europa. A Madeira será a anfitriã da próxima gala, em 2019.

Os Passadiços do Paiva, em Arouca, venceram o prémio para Melhor Projeto Europeu de Desenvolvimento Turístico e Melhor Atração Europeia de Turismo de Aventura, ultrapassando os três outros candidatos da mesma categoria: o “Latvia Road Trip – Explore a Letónia lentamente”, o “Trail TeH2O de Bydgoszcz – Água, Indústria e Artesanato” da Polónia e o projeto global da Costa Navarino, na Grécia (já premiado duas vezes pelo seu Turismo Responsável).

Só resta dizer: parabéns, Portugal!