Viajar: quanto custa levar o seu fiel amigo?

Sempre que pensa ou decide viajar, vê-se confrontado com o mesmo dilema: levar ou não levar o melhor amigo?

Se vai viajar nos próximos tempos, lembre-se que muitas vezes não temos sequer com quem deixar os animais de estimação. Optar por espaços de acolhimento pode ser uma solução ou até contratar um profissional mas isso também implica abrir os cordões à bolsa. Mas não é só a questão do dinheiro que está aqui em causa – está também a necessidade de ficar uns dias sem a sua companhia.

Por isso, contas feitas, todas as soluções representam custos. Assim sendo, desde que seja possível, o melhor mesmo é viajar com o seu melhor amigo!

Mesmo que a viagem seja de avião, hoje em dia, a maioria das companhias aéreas permite que o leve consigo. Políticas, restrições e regras são estabelecidas, caso a caso, por cada empresa. Há algumas que só permitem que leve cães e gatos enquanto outras alargam o leque a mais espécies. Os pesos permitidos variam, por norma, entre os 8 e os 75 kg.

Numa rápida pesquisa por algumas das companhias áreas nacionais e internacionais, os preços variam entre os 25 e os 480€, sendo que os animais de assistência (cães-guias de cegos e surdos, por exemplo) estão isentos de taxas. Lembre-se que para efetuar a reserva de um voo com um animal deve sempre entrar em contacto com a companhia previamente.

Por fim, não se esqueça que antes de embarcar precisa de reunir alguma documentação relativa à saúde e segurança do seu animal que também é variável, de empresa para empresa.