Quartett no D. Maria II

O Teatro Nacional D. Maria II acolhe, de 11 a 13 de dezembro, na Sala Garrett, Quartett, uma colaboração entre as companhias Rosas e tg STAN, projetos incontornáveis da cena artística belga.

Em Quartett, um homem e uma mulher tentam extrair afeto amoroso um do outro, enquanto o mundo ao seu redor está à beira do colapso (ou terá, inclusivamente, já colapsado). O confronto entre o masculino e o feminino é também um confronto entre os poderes da persuasão e a ameaça física do movimento.

O espetáculo é uma revisitação da colaboração de 1999 entre as duas companhias (Rosas e tg STAN), criado por Anne Teresa De Keersmaeker (personalidade destacada na Bienal “Artista na Cidade” 2012), Cynthia Loemij, Frank Vercruyssen e Jolente De Keersmaeker. Quartett é protagonizado pela bailarina Cynthia Loemij (Rosas) e pelo ator Frank Vercruyssen (STAN), que dividem novamente o palco, quase 20 anos depois.

A performance, que cruza teatro e dança, é baseada no texto homónimo do autor alemão Heiner Müller, inspirado no clássico de 1782, As ligações perigosas, de Choderlos de Laclos.