Quer deixar de fumar? Coma estes alimentos…

Estudos identificam alimentos que pioram o sabor do tabaco e podem ajudar a reduzir o vício.

“Os fumadores às vezes confundem a fome com a vontade de fumar. Então, se conseguimos essa sensação de saciedade com alimentos que também tenham a capacidade de reduzir o desejo de tabaco, será mais fácil parar de fumar?”. Isto é o que explica Jeffrey P. Haibach, investigador do Departamento de Saúde Comunitária e Hábitos Saudáveis da Universidade de Buffalo (Estados Unidos) num estudo que concluiu que os fumadores que comem frutas e legumes fumaram menos cigarros diariamente, esperaram mais tempo para fumar o primeiro cigarro do dia e mostraram menor dependência de nicotina nos testes.

A relação entre a dieta e o tabagismo já havia sido estudada anteriormente, mas não tinha ficado claro se o consumo de frutas e verduras aumentava como consequência de deixar de fumar ou, inversamente, graças às melhorias na alimentação era possível reduzir o hábito.

Entrevistados mais de 1.000 fumadores com mais de 25 anos, acompanhados durante 14 meses, concluiu-se que aqueles que consumiam mais frutas e verduras tinham três vezes mais probabilidades de deixar de fumar do que aqueles que não as consumiam. As razões apontadas são: “As frutas e verduras ajudam a reduzir a dependência de nicotina, a fibra destes ingredientes gera maior sensação de saciedade…”. E ainda “que estes alimentos pioram o sabor do tabaco”.

Outro estudo anterior, também publicado pela revista “Nicotine & Tobacco Research”, realizado por pesquisadores da Universidade Duke, na Carolina do Norte (EUA), provou que alguns alimentos pioram o sabor do cigarro, entre eles as frutas, as hortaliças e os produtos lácteos. Por outro lado, segundo a endocrinologista Julia Álvarez, chefe da seção de Endocrinologia e Nutrição do Hospital Universitário Príncipe de Astúrias, em Alcalá de Henares, “consumir bastante carne, álcool e café produz o efeito oposto, pois realça seu sabor, tornando o ato de fumar mais atraente”.

Estes resultados têm de ser encarados com cautela, pois mais estudos são necessários “para identificar os mecanismos que explicam como frutas e verduras podem ajudar os fumantes a parar”, não que nenhum tratamento é 100% eficaz e todos precisam de força de vontade.

Todavia, uma dieta mais rica nesses alimentos ajuda seguramente a reduzir o impacto do tabaco no seu organismo. A ingestão de frutas como a tangerina, a laranja e a toranja, e também o consumo de substâncias bioativas ou fitoquímicos, que se encontram “nos produtos de grãos integrais, em todas as frutas, verduras e hortaliças, nas frutas secas e nos legumes”, como recomendam Andreu Palou, professor de Bioquímica da Universidade das Ilhas Baleares e Giuseppe Russolillo, presidente da Academia espanhola de Nutrição e Dietética.