O Soldadinho de Chumbo na Casa da Música

Cantata a favor da Associação Síndrome Mowat-Wilson - uma doença rara.

O conto do dinamarquês Hans Christian Andersen, O Soldadinho de Chumbo (que se apaixonou pela bailarina de cartão), vai ser cantado e tocado, no próximo dia 20, por 300 crianças e jovens, de duas escolas de música da Academia Musical dos Amigos das Crianças (AMAC) – a Escola Vecchi-Costa de Lisboa e a Escola Guilhermina Suggia do Porto, na Casa da Música.

Para este espetáculo, que tem como objetivo comemorar os 65 anos da Academia Musical dos Amigos das Crianças (AMAC), o compositor Alexandre Delgado criou uma cantata que reúne todas as classes de conjunto das escolas de música da AMAC: coros, orquestras de cordas, orquestras de guitarras, orquestra de sopros, percussão, piano e narração.

Parte da receita deste espetáculo reverterá a favor da Associação Síndrome Mowat-Wilson – uma doença rara, já detetada em crianças portuguesas, e para a qual não existe cura, mas que tem sido alvo de crescente atenção por parte da comunidade científica e da associação com o mesmo nome, que reúne familiares dos pacientes, médicos, investigadores, terapeutas e enfermeiros.

Os indivíduos portadores da síndrome de Mowat-Wilson manifestam diversas alterações genéticas, sendo as mais visíveis, o atraso do desenvolvimento físico e cognitivo, epilepsia e diversas alterações a nível cardíaco e geniturinário.

Os bilhetes, a 10€, estão à venda na Casa da Música e na Ticketline.