Souto Moura e Kenneth Frampton em “Diálogos Cruzados”

Em "Diálogos Cruzados" celebra-se a presença simultânea de grandes exposições retrospetivas sobre as obras de Álvaro Siza e de Eduardo Souto de Moura no Museu de Arte Contemporânea de Serralves e na Casa da Arquitetura, entre o final de 2019 e o início de 2020, e debatem-se as inúmeras referências cruzadas entre esses dois arquitetos portugueses, ambos galardoados com o Prémio Pritzker.

Em cada uma das sessões dos Diálogos, um dos arquitetos discutirá o trabalho do outro, através da lente crítica de ambas as exposições, em conversa com um historiador e crítico de arquitetura de renome mundial. Em Serralves, no dia 10, pelas 19h00, com apresentação e moderação de Nuno Grande e Carles Muro, Eduardo Souto de Moura discutirá o trabalho de Álvaro Siza em conversa com Kenneth Frampton.

O britânico Kenneth Frampton (Reino Unido, 1930) é arquiteto, crítico, historiador e professor de arquitetura na Universidade de Columbia, Nova York, desde 1972, sendo considerado um dos principais historiadores de arquitetura do século XX.

Formado pela Architectural Association School of Architecture, em Londres, Frampton lecionou em várias instituições importantes, incluindo o Royal College of Art em Londres, o ETH em Zurique, o Berlage Institute em Amsterdão, o EPFL em Lausanne e a Accademia di Architettura em Mendrisio. Recentemente, em 2017, o trabalho universitário de Frampton foi  tema da exposição Educating Architects: Four Courses, de Kenneth Frampton, no Canadian Centre for Architecture. A Metropolis Magazine atribuiu-lhe o título de  Gamechanger em 2018 e foi  reconhecido, no mesmo ano, pelo seu percurso de vida com o Leão de Ouro na Bienal de Veneza.

Na Casa de Arquitetura, no sábado, dia 11, com apresentação e moderação de Nuno Sampaio e Nuno Graça Moura, Álvaro Siza discutirá o trabalho de Souto de Moura em conversa com Francesco Dal Co.

Organizado pelo Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves e pela Casa da Arquitetura/Centro Português de Arquitetura.