Tomatina à portuguesa em Almeirim

A cidade de Almeirim vai ser palco de uma «Tomatina à portuguesa», no dia 1 de setembro.

Já deve ter visto na televisão o que acontece em Buñol, pequena localidade na província de Valência, em Espanha, desde agosto de 1945, em que uma multidão diverte-se a atirar tomates uns aos outros, num espetáculo burlesco, mas que ganhou adeptos entre nós.

O evento português chama-se «Todos à Tomatada» e acontece dia 1 de setembro, três dias depois do espanhol. Para já, estão garantidas vinte toneladas de tomates maduros para concretizar o «Todos à Tomatada», um evento organizado pela Associação Vinte Quilómetros Almeirim com o objetivo de proporcionar diversão e, ao mesmo tempo (estranhe-se ou não), promover a agricultura local. A data e hora já estão marcados: é dia 1 de setembro, das 17h00 às 19h00.

O palco português desta «guerra de tomates» será uma pequena rua, com aproximadamente 300 metros e que, obviamente, estará fechado, admitindo apenas as viaturas que transportem os tomates.

Um evento como este só poderia ser em Almeirim, que é a região que mais produz tomate em Portugal. Assim, além de aproximadamente duas horas de «grande euforia, descompressão e risada entre os combatentes», pretende-se divulgar a importância que o setor da agricultura, nomeadamente a transformação do tomate para indústria, tem para a economia de Almeirim.

Para que não haja más interpretações ou juízos precipitados, o presidente da associação promotora ressalva na página do evento no Facebook: «O tomate usado neste evento, embora produzido para a indústria transformadora, é considerado matéria excedentária e de reduzido valor comercial. Após a atividade, a pasta resultante será recolhida e transformada em alimento animal».

Se quiser participar, tem de comprar, por 5€, uma t-shirt oficial do evento, e ter vontade de atirar uns tomates aos outros e levar com outros tantos. Porque, quem vai à guerra (mesmo de tomates), dá e leva!