Vamos às compras? – sem o online!

Zara declara guerra à concorrência das lojas apenas online. Ainda no final de maio, a gigante do comércio online Amazon anunciou uma nova marca de moda.

A pensar nisso mas também nas novas tecnologias, a cadeia espanhola está a apostar na tecnologia para melhorar a experiência dos clientes, tentando-os afastar das marcas apenas online.

Por isso, não estranhe se nos próximos tempos se cruzar com realidade aumentada, assistentes virtuais e montras com hologramas nas lojas da Zara. E tudo para atrair consumidores. As inovações já estão a ser testadas em lojas espanholas e inglesas e também já fizeram uma paragem em Portugal. Na verdade, a aplicação de realidade aumentada, que permite, por exemplo, ver como a roupa fica em modelos ao apontar a câmara do telemóvel para a peça, foi já disponibilizada nas lojas do Colombo e NorteShopping durantes uns dias.

Para dar conta desta remodelação, o grupo que detém a cadeia, Inditex, tem-se rodeado de pessoas que percebem do assunto, quer ao nível de contratações, quer de parcerias.

Um hub de logística na Holanda e um novo centro de distribuição em Arteixo – são outras expansões previstas pelo grupo Inditex, num investimento que vai ultrapassar os 150 milhões de euros.

Refira-se que o grupo Inditex registou um aumento nas vendas online de 41% no ano passado. Em maio, a Zara ocupava o número 46 no ranking da Forbes, na categoria das marcas mais valiosas do mundo.