Vista Alegre conquista um dos prémios mais antigos do mundo

O Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design distinguiu o serviço de mesa Utopia e dois candeeiros da coleção E2H – Earth to Humanity by Ross Lovegrove da Vista Alegre com um dos prémios mais antigos do mundo: o Good Design Award.

É caso para dizer que a prestigiada marca Vista Alegre encerrou 2018 da melhor forma. Pelo terceiro ano consecutivo, o design dos produtos da marca foi premiado pelo Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design, que distinguiu o serviço de mesa Utopia e dois candeeiros da coleção E2H – Hearth To Humanity by Ross Lovegrove – Nervi e HRYB – com o prémio Good Design Award. A Vista Alegre encerrou assim 2018 com 30 distinções internacionais de design.

Prémios à parte, o momento agora é de foco e dedicação, preparando-se para apresentar nas próximas semanas, nas feiras internacionais, as novas coleções de porcelana, cristal e vidro.

Vale a pena recordar que o serviço de mesa Utopia já tinha sido distinguido com um Red Dot Award em 2018. Os candeeiros Nervi e HRYB, da coleção E2H – Earth to Humanity by Ross Lovegrove foram os outros dois premiados. Os serviços Vista Alegre são usados oficialmente pelo Presidente da República Portuguesa, pela Casa Branca, por várias Casas Reais e por muitas personalidades de todo o mundo, como a rainha Isabel II de Inglaterra, o rei Filipe VI de Espanha e a rainha Beatriz da Holanda.

Siza Vieira, Joana Vasconcelos, Patrick Norguet, Ross Lovegrove, Marcel Wanders, Jaime Hayon, Malangatana, Sempé, Karim Rashid, Brunno Jahara, Carsten Gollnick, Sam Baron, a marca francesa Christian Lacroix e a insígnia Oscar de la Renta são alguns dos artistas e designers que se associaram à Vista Alegre. Em novembro de 2018, Pedro Cabrita Reis juntou-se, com a peça «De Natura», a 19.ª do Projeto Artistas Contemporâneos.